Prefeito diz que prefeitura tem dívida trabalhista de R$ 80 milhões e vereador manda alcaide 'voltar para a rádio'

Pós-eleição em Ponta Grossa-PR: agora com as verdades escondidas durante  pleito vindo à tona, o "mundo perfeito" de Rangel começa a desabar. 

Numa reunião com a ACIPG, o prefeito enfim revelou que a situação financeira do município caminha para o pior dos cenários possíveis. 

Além da dívida do FGTS que ele tenta parcelar que é de R$ 25 milhões, o alcaide agora revela que a prefeitura também tem uma dívida trabalhista de R$ 80 milhões de reais.

Rangel ainda disse que a prefeitura não terá como reajustar o salário dos servidores em 2017, por que se reajustar não conseguirá pagar o 13º. 

O que mais Rangel escondeu da população durante sua campanha de reeleição? Perguntam os cidadãos, nas ruas e nas redes sociais.

Numa postagem do portal ARede, o vereador George Oliveira (PMN), criticou o prefeito:


Comentários