Ponta Grossa teve saldo de apenas 1.038 empregos em 2017

A propaganda enganosa do desgoverno Temer sobre o número de empregos é mais uma mutreta entre tantas amplamente divulgada na velha mídia e repercutida por prefeitos e vereadores governistas nas cidades falidas pelo brasil, visando as eleições de 2018. De fato, a politicaiada quer pintar o cenário de 'retomada do crescimento e de mil e uma coisas maravilhosas pela frente', mantendo o sistema podre e corrupto através das urnas fraudadas. 

Em Ponta Grossa, por exemplo, o prefeito-réu, por desvios de verbas na ALEP-PR, quando ainda era deputado, Marcelo Rangel (PPS), está a propagandear que a cidade (que agora  está sob comando da Beth ornamento, vice-prefeita por 15 dias) com ruas esburacadas, sem segurança pública e largada ao 'Deus dará', está entre "as que mais empregou'. 

Baléla.

ANALISE O CADGE, DO MINISTÉRIO DO TRABALHO, COM DADOS REAIS>>>

No ano, foram "empregados" isto é, assinaram a carteira ou ao menos deram entrada, por mês que fosse como registrados, segundo o MTE, 31.448.

MAS, sempre tem muita coisa no "MAS", que é o que os políticos ocultam para enganar o povo, teve SEGUNDO O MTE, 30.410 demissões. Alta rotatividade nos setores que mais empregam (Comércio, Serviços e Construção Civil) por causa da crise generalizada, e falta de incentivo e apoio do poder público local, gera muitos empregos temporários e consequentemente muitas demissões. (MAS 'EMPREGOS EM CARGOS EM COMISSÃO-CONFIANÇA NA PREFEITURA TEM BASTANTE)

O saldo final de empregos é de apenas 1.038 pessoas com carteira assinada, no ano 2017, em Ponta Grossa>>>

Então, prefeito-réu do 'penicão de Olarias', pare de engambelar o povo. 

Menos foto, menos vídeo, menos engambelação e mais trabalho, até agora nada feito em PG>>> só gambiarra e politicagem>>>

E COM A MAIOR CARA DE PAU, A VICE DE ORNAMENTO DISSE O SEGUINTE NO SITE DA PREFEITURA:

 “O número de empregos reflete diretamente a economia local. A gestão municipal tem realizado fortes investimentos na educação, turismo e infraestrutura, o que otimiza a empregabilidade e atrai empreendedores para o município”, aponta Elizabeth

"Fortes investimentos" rs 






Comentários